Mês: Fevereiro 2017

onion-2013174_1920 (1) (1) (1)

Porque é que o Integral Development Coaching é importante?

Desde o momento em que nascemos que, através da educação que recebemos e das experiências que vivenciamos, começamos a perceber que comportamentos são elogiados e que comportamentos são punidos.

Em função disso passamos a agir de determinada forma e estabelecemos um padrão de compromissos e valores. Essa definição condiciona a forma como estamos no mundo, tendo impacto a diversos níveis, nomeadamente ao nível da escolha das pessoas que temos na nossa vida e da forma como atuamos.

Sendo esta a narrativa em que vivemos ela não é visível para nós. É como o ar que respiramos, e com o qual nos sentimos confortáveis.

A nossa narrativa define a nossa estrutura de interpretação. Essa estrutura é formada pela definição de quem sou eu, quem são os outros e o que é possível fazer. Todas as estruturas de interpretação abrem certas possibilidades e fecham outras.

É na necessidade de abrir novas possibilidades que o coaching assume um papel importante. Quando corretamente realizado o coaching permite ao coachee passar a ver-se a si próprio e às suas opções de uma outra forma.

No entanto, para que este processo seja bem sucedido, e contribua para que o coachee consiga desenvolver competências que o ajudem a ultrapassar os desafios da sua vida de forma diferente, é requerido que o coachee tenha um papel ativo no programa de coaching.

A metodologia de Integral Development Coaching tem como base exercícios de auto-observação e auto-reflexão, bem como a prática de exercícios que permitam o desenvolvimento de competências, através da alteração de hábitos e perceções e aumento da capacidade de estar no momento presente.

Cabe ao coach a definição destas práticas e exercícios, sendo que as mesmas deverão ser alteradas ao longo do programa, em função da reflexão e processo de desenvolvimento do coachee.

Em resumo, se quer abrir novas possibilidades, olhar para si mesmo de forma diferente e está disposto a ter um papel ativo no seu processo de desenvolvimento, o coaching é ideal para si.

Para finalizar é importante mencionar que uma relação de coaching assenta em respeito, confiança e liberdade de expressão. Consequentemente, e antes de iniciar um processo de coaching, deverá ter uma conversa exploratória com o coach, para perceber se poderão desenvolver uma relação com estas características. Não deixe também de perguntar qual a escola de coaching que frequentou, se é certificado e qual a sua experiência como coach.

Finalmente é importante perceber se o coach tem capacidade de olhar para si próprio, questionar-se e interrogar-se sobre o que o faz correr. Um coach que não consiga olhar para si, nunca conseguirá ajudar os outros.

Anabela Possidónio

anabela_possidonio@yahoo.com

Fora da caixa

Revista Hospitalidades – Artigo

Mais-esperanca-na-sua-vida

Uma dor com nome

Há temas que nos são particularmente difíceis de falar, pelo teor sensível do assunto e porque têm uma carga emocional …

Estrelas-do-mar e um escritor

Revista Hospitalidades – Artigo