Pais e o filhos adolescentes

Formação para Famílias e Profissionais

Não raramente ouvimos comentar que os filhos adolescentes estão na “idade da prateleira”, na “idade do armário” ou outro sem número de expressões para dizer que, nesta etapa da vida, os seus comportamentos são desajustados, as suas motivações inexplicáveis ou pouco construtivas, as suas posturas pouco condicentes com o percurso educacional traçado até então.

Visto que esta é, sem dúvida, uma etapa difícil de gerir pelos pais (ao filho/a já não se pode permitir o que antes se permitia porque já não é criança e ainda não se pode autorizar o que só um adulto pode e deve fazer, porque ainda não o é), pois é o período a que podíamos chamar terra de ninguém (por não se ser, como já se disse, nem criança nem adulto), é necessário que estes conheçam quais as características da pessoa neste momento de vida; quais os limites razoáveis que lhes cabe a si colocar; qual a melhor forma de lidar com cada desafio (dos mais variados) que, garantidamente, estão ou vão surgir, como contemporizar (com) e gerir o imprevisível e o inesperado; etc.

  1. Duração: Oito horas (em dois módulos de 4 horas cada, distribuídos por duas tardes, duas manhãs ou um dia inteiro).
  2. Os objectivos, conteúdos programáticos e metodologias são adaptados ao contexto formativo e adequadamente desenvolvidos em função deste e, consequentemente, quando for caso disso, do grupo de formação.
  3. Contactos: (para pedidos de informação suplementar):
    e-mail: geral@conforsaumen.com.pt
    Mensagem: Formulário de contacto

Forma de pagamento:
Este será realizado no acto de inscrição, inclui fornecimento de material didáctico e coffee break.

NOTA 1: A participação de dois elementos da mesma família nuclear/ casal terá um desconto de 10% na inscrição de cada um deles.
NOTA 2: Os grupos institucionais auferirão igualmente de desconto em função do número de participantes.

Outros encontros de reflexão

Fora da caixa

Revista Hospitalidades – Artigo

Mais-esperanca-na-sua-vida

Uma dor com nome

Há temas que nos são particularmente difíceis de falar, pelo teor sensível do assunto e porque têm uma carga emocional …

Estrelas-do-mar e um escritor

Revista Hospitalidades – Artigo