O casal após a saída de casa dos filhos

Encontros de Reflexão para Famílias e Profissionais

Com muito mais frequência do que a que seria desejável, os casais esquecem-se, ao longo dos diferentes momentos do ciclo de vida familiar, que a sua relação conjugal é digna de cuidados e de atenção continuada e “desaprendem” de se olhar e de conviver a dois, pois, quase sempre, se encontram rodeados pelos filhos que funcionam como “mediadores relacionais”, que é como quem diz, motivos para que o sistema familiar funcione sem que o casal precise de se “encontrar” ou, sequer de saber como está a sua relação.

Por estas e outras razões que se prendem, em síntese, com as lacunas deixadas pelos dois elementos do casal, entre si, se chama, frequentemente, ninho vazio a este momento de saída dos filhos.

O que acontece ao longo da vida do casal, como deve ser vivida a relação, como evitar que se sinta o “ninho vazio”, como fazer desta etapa um período de inovação e de auto-realização gratificante, são alguns dos temas que, neste curso, se abordam.
Pretende-se que se viva bem, aproveitando todos os momentos da vida com o que de positivo cada um pode dar.

  1. Duração: Oito horas (em dois módulos de 4 horas cada, distribuídos por duas tardes, duas manhãs ou um dia inteiro).
  2. Os objectivos, conteúdos programáticos e metodologias são adaptados ao contexto formativo e adequadamente desenvolvidos em função deste e, consequentemente, quando for caso disso, do grupo de formação.
  3. Contactos (para pedidos de informação suplementar):
    e-mail: geral@conforsaumen.com.pt
    Mensagem: Formulário de contacto

Forma de pagamento:
Este será realizado no acto de inscrição, inclui fornecimento de material didáctico e coffee break.

NOTA 1: A participação de dois elementos da mesma família nuclear/ casal terá um desconto de 10% na inscrição de cada um deles.
NOTA 2: Os grupos institucionais auferirão igualmente de desconto em função do número de participantes.

Outros encontros de reflexão

Fora da caixa

Revista Hospitalidades – Artigo

Mais-esperanca-na-sua-vida

Uma dor com nome

Há temas que nos são particularmente difíceis de falar, pelo teor sensível do assunto e porque têm uma carga emocional …

Estrelas-do-mar e um escritor

Revista Hospitalidades – Artigo