Terapia Familiar e de Casal

Intervenção sistêmica

A sociedade actual, que se encontra em constante transformação a um ritmo já impossível de controlar, exige de todos nós uma "arte" especial para coexistirmos com ela e sermos capazes de retirar o melhor partido do que esta tem para nos oferecer.

A multiplicidade de estímulos, a acessibilidade à informação, a aldeia global em que somos obrigados a viver e a deslocar-nos, faz com que os papeis familiares clássicos e confortáveis, em que a mãe tinha todo o tempo disponível para se dedicar à educação dos filhos e fazer desta um investimento fundamental, se assim o entendesse; em que a família se reunia diariamente a, pelo menos, uma das refeições, etc., praticamente tenham deixado de existir. O aparentemente mais fácil tornou-se mais difícil de controlar e de gerir, já que ninguém está só com quem está, tendo ou podendo estar com muito mais pessoas em simultâneo. São os pais (pai e mãe) que trabalham e chegam tarde a casa ou têm de viajar com alguma frequência; são os cansaços de fim de dia que indisponibilizam para o diálogo; são os momentos em que todos e cada um querem estar consigo próprios ou com os ausentes (em mundos virtuais); enfim, é um tudo e um nada quase indefinível que tem de se perceber e identificar para que não se perca o sentido da existência, cujo local privilegiado para se desenvolver é a família.

Imagem Fons Heijnsbroek / CC

Estas são algumas das reflexões que podem conduzir os sistemas familiares a precisarem de ajuda, a fim de que se evitem questões frequentes que, na actualidade, neles emergem - ameaça de rotura; aparecimento de sintomas de vária ordem (antes inexistentes) num de seus membros, como forma de chamar sobre si as atenções e, com isso, descentrar todos (principalmente o casal) dos seus verdadeiros problemas; decisões relativas à educação/"gestão da liberdade" dos filhos; apoio aos filhos dos casais que não conseguiram evitar o divórcio; aceitações/rejeições nas famílias reconstruídas ou novas famílias; identificação/delimitação de fronteiras face às famílias de origem dos elementos do casal; etc.

Em todos estes domínios a CONFORSAUMEN dispõe de capacidade de intervenção e de prestação de ajuda.

Fora da caixa

Revista Hospitalidades – Artigo

Mais-esperanca-na-sua-vida

Uma dor com nome

Há temas que nos são particularmente difíceis de falar, pelo teor sensível do assunto e porque têm uma carga emocional …

Estrelas-do-mar e um escritor

Revista Hospitalidades – Artigo